Empresa de videogame é processada por piratear


Autor/fonte: EFE
E-mail/Url: http://tecnologia.terra.com.br/interna/0,,OI1390538-EI4802,00.html
Tags: [ pirataria ]



Digg del.icio.us

5 de fevereiro de 2007, 05h06

Uma filial da Shanda Online Interactive, a maior empresa de videogames da China, está sendo processada por permitir o uso de cópias pirata de seis jogos populares, informou hoje o jornal "Shanghai Daily".

A denúncia foi apresentada pela China Aomei Network, que em 2005 comprou os direitos para comercializar na China os títulos "Counter Strike", "Warcraft III", "Warcraft III: Frozen Throne", "Starcraft", "Diablo 2" e "Diablo 2: Lorde of Destruction", que foram pirateados.

A Aomei reivindica uma desculpa pública, uma indenização de £ 10 milhões e que a Shanda Online Interactive elimine os jogos e todo o conteúdo relacionado a eles de sua página de internet.

Segundo a acusação, a Xangai Holdfast Online utilizava resquícios desprotegidos na programação destes jogos que permitiam a utilização de seu portal (www.cga.com.cn) para jogar on-line, o que ajudou a empresa a conseguir mais de 62 milhões de usuários.

Por sua parte, a Holdfast argumenta que só oferece uma plataforma para os jogadores e afirma que não tem nada a ver com qualquer tipo de cópia pirata dos programas.




Enviado por xKuRt em 05/02/2007 às 07:38


Itens relacionados

Brasil registra primeira queda na taxa de pirataria de software em dez anos
São Paulo foi responsável pelo consumo de mais de 60% de produtos piratas no Brasil
Homem é detido por permitir download de inéditas do Guns N'Roses a partir de seu blog
Estudo pede mudanças nas campanhas contra pirataria
Frente parlamentar debate prejuízos do uso de software pirata em empresas brasileiras
Diante de apelo de Gorbachev, Microsoft se isenta de acusações a russo
Espanha registra que 70% do SMB usa software ilegal
Brasil é retirado da lista de pirataria norte-americana
Grupo de direito digital alerta para sites que oferecem música ilegal
Brasil deleta mais de 160 mil links e arquivos piratas da internet em 2008

Listar todos itens relacionados

Avaliação

Esta publicação ainda não foi avaliada!


Avaliar:


A avaliação de publicações é restrita a membros cadastrados e logados no nosso site.



Comentários

Este artigo ainda não foi comentado ou o(s) comentário(s) que foi(ram) enviado(s) a ele ainda não foi(ram) publicado(s).


Envio de comentário:




  

Domingo, 22 de Janeiro de 2017




Leitura recomendada

Linguagem C na Prática

Top 5 membros

Últimos membros online

Últimos membros cadastrados



Capa do livro
Livro - Java Efetivo


Capa do livro
Introdução à Arquitetura de Mainframe e ao Sistema Operacional z/OS


Capa do livro
Aprendendo JavaScript





Hostnet

IMD