Iniciando no Javascript: Classe string em Javascript


Autor/fonte: CriarWeb.com
E-mail/Url: http://www.criarweb.com/artigos/297.php



Digg del.icio.us

Em Javascript as variáveis de tipo texto são objetos da classe String. Isto quer dizer que cada uma das variáveis que criamos de tipo texto tem uma série de propriedades e métodos. Lembramos que as propriedades são as características, como, por exemplo, longitude em caracteres do string e os métodos são funcionalidades, como podem ser extrair um substring ou colocar o texto em maiúsculas.

Para criar um objeto da classe string a única coisa que há que fazer é atribuir um texto a uma variável. O texto vai entre aspas, como já vimos nos capítulos de sintaxe. Também se pode criar um objeto string com o operador new, que veremos mais adiante. A única diferença é que em versões de Javascript 1.0 não funcionará new para criar os Strings.

Propriedades de string

Length

A classe String tem somente uma propriedade: length, que salva o número de caracteres do String.

Métodos de string

Os objetos da classe string têm uma boa quantidade de métodos para realizar muitas coisas interessantes. Primeiro, vamos ver uma lista dos métodos mais interessantes e logo, veremos outra lista de métodos menos úteis.

charAt(índice)

Devolve o caractere que há na posição indicada como índice. As posições de um string começam em 0.

indexOf(caractere,desde)

Devolve a posição da primeira vez que aparece o caractere indicado por parâmetro em um string. Se não encontra o caractere no string devolve -1. O segundo parâmetro é opcional e serve para indicar a partir de que posição se deseja que comece a busca.

lastIndexOf(caractere,desde)

Busca a posição de um caractere exatamente igual a como faz a função indexOf, mas desde o final no lugar do princípio. O segundo parâmetro indica o número de caracteres desde onde se busca, igual que em indexOf.

replace(substring_a_buscar,novoStr)

Implementado em Javascript 1.2, serve para substituir porções do texto de um string por outro texto, por exemplo, poderíamos utilizá-lo para substituir todas as aparições do substring "xxx" por "yyy". O método não substitui no string, e sim, devolve uma resultante de fazer essa substituição. Aceita expressões regulares como substring a buscar.

split(separador)

Este método só é compatível com Javascript 1.1 em diante. Serve para criar um vetor a partir de um String no que cada elemento é a do String que está separada pelo separador indicado por parâmetro.

substring(início,fim)

Devolve o substring que começa no caractere de início e termina no caractere de fim. Se intercambiarmos os parâmetros de início e fim também funciona. Simplesmente nos dá o substring que há entre o caractere menor e o maior.

toLowerCase()

Coloca todos os caracteres de um string em minúsculas.

toUpperCase()

Coloca todos os caracteres de um string em maiúsculas.

toString()

Este método tem todos os objetos e se usa para convertê-los em cadeias.

Até aqui vimos os métodos que nos ajudará a respeito das cadeias. Agora vamos ver outros métodos que são menos úteis, mas que há que indicá-los para que fique a constância de todos. Todos servem para aplicar estilos a um texto e é como se utilizássemos etiquetas HTML. Vejamos como:

anchor(name)

Converte em uma âncora (lugar a onde encaminhar um link) uma cadeia de caracteres usando como o atributo name da etiqueta <A> o que recebe por parâmetro.

big()

Aumenta o tamanho de letra do string. É como se colocássemos em um string ao princípio a etiqueta <BIG> e ao final </BIG>.

blink()

Para que pisque o texto do string, é como utilizar a etiqueta <BLINK>. Vale somente para Netscape.

bold()

Como se utilizássemos a etiqueta <B>.

fixed()

Para utilizar uma fonte com um espaçamento único, etiqueta <TT>.

fontColor(color)

Coloca a fonte a essa cor. Como utilizar a etiqueta <FONT color=a_cor_indicada>.

fontSize(tamanho)

Coloca a fonte no tamanho indicado. Como se utilizássemos a etiqueta <FONT> com o atributo size.

italics()

Coloca a fonte em cursiva. Etiqueta <I>.

link(url)

Coloca o texto como um link à URL indicada. É como se utilizássemos a etiqueta <A> com o atributo href indicado como parâmetro.

small()

É como utilizar a etiqueta <SMALL>

strike()

É Como utilizar a etiqueta <STRIKE>, que serve para que o texto apareça riscado.

sub()

Atualiza o texto como se estivesse utilizando a etiqueta <SUB>, de subíndice.

sup()

É como se utilizássemos a etiqueta <SUP>, de superíndice.




Enviado por xKuRt em 22/11/2006 às 09:10


Avaliação

Esta publicação ainda não foi avaliada!


Avaliar:


A avaliação de publicações é restrita a membros cadastrados e logados no nosso site.



Comentários

Este artigo ainda não foi comentado ou o(s) comentário(s) que foi(ram) enviado(s) a ele ainda não foi(ram) publicado(s).


Envio de comentário:




  

Quinta, 24 de Abril de 2014




Top 5 membros

Últimos membros online

Últimos membros cadastrados



Capa do livro
Programando Microsoft Access com VBA5


Capa do livro
Laboratórios De Tecnologias Cisco Em Infraestrutura De Redes


Capa do livro
Primavera Enterprise 6





Hostnet

IMD