Iniciando no Javascript: Longitude dos Arrays


Autor/fonte: CriarWeb.com
E-mail/Url: http://www.criarweb.com/artigos/240.php



Digg del.icio.us

Todos os arrays em javascript, além de armazenar o valor de cada uma de suas posições também armazenam o número de posições que têm. Para isso, utilizam uma propriedade do objeto array, a propriedade length. Já veremos o que é uma propriedade em objetos, mas para nosso caso podemos imaginar que é como uma variável, adicional às posições, que armazena um número igual ao número de campos do array.

Para acessar a uma propriedade de um objeto há que utilizar o operador ponto. Escreve-se o nome do array que queremos acessar ao número de posições que tem, sem colchetes nem parênteses, seguido de um ponto e a palavra length:

var meuArray = new Array()

meuArray[0] = 155
meuArray[1] = 499
meuArray[2] = 65

document.write("Longitude do array: " + meuArray.length)

Este código imprimiria na tela o número de posições do array, que neste caso é 3. Recordamos que um array com 3 posições abarca desde a posição 0 a 2.

É muito habitual que se utilize a propriedade length para poder percorrer um array por todas suas posições. Para ilustrá-lo vamos ver um exemplo de percurso por este array para mostrar seus valores:

for (i=0;i<meuArray.length;i++){
    document.write(meuArray)
}

Há que observar que o loop for se executa sempre que i valer menos que a longitude do array, extraída de sua propriedade length.

O seguinte exemplo nos servirá para conhecer melhor os percursos pelos arrays, o funcionamento da propriedade length e a criação dinâmica de novas posições. Vamos criar um array com 2 posições e preencher seu valor. Posteriormente, introduziremos um valor na posição 5 do array. Finalmente, imprimiremos todas as posições do array para ver o que acontece:

var meuArray = new Array(2)

meuArray[0] = "Colômbia"
meuArray[1] = "Estados Unidos"

meuArray[5] = "Brasil"

for (i=0;i<meuArray.length;i++){
    document.write("Posição " + i + " do array: " + meuArray)
    document.write("<br>")
}

O exemplo é simples. Pode-se apreciar que fazemos um percurso pelo array desde 0 até o número de posições do array (indicado pela propriedade length). No percurso vamos imprimindo o número da posição seguido do conteúdo do array nesta posição. Mas podemos ter uma dúvida ao perguntarmos qual será o número de elementos deste array, já que o havíamos declarado com 2 e logo lhe introduzimos um terceiro na posição 5. Ao ver a saída do programa poderemos contestar nossas perguntas. Será algo parecido a isto:

Posição 0 do array: Colômbia
Posição 1 do array: Estados Unidos
Posição 2 do array: null
Posição 3 do array: null
Posição 4 do array: null
Posição 5 do array: Brasil

Pode-se ver claramente que o número de posições é 6, da 0 a 5. O que ocorreu é que ao introduzir um dado na posição 5, todas os campos que não estavam criados até o quinto se criaram também.

As posições da 2 a 4 estão sem iniciar. Neste caso nosso navegador escreveu a palavra null para expressar isto, mas outros navegadores poderão utilizar a palavra undefined. Veremos mais adiante qual é este null e onde o podemos utilizar, o importante agora é compreender como trabalham os arrays e utiliza-los corretamente.




Enviado por xKuRt em 21/11/2006 às 17:16


Avaliação

Esta publicação ainda não foi avaliada!


Avaliar:


A avaliação de publicações é restrita a membros cadastrados e logados no nosso site.



Comentários

Este artigo ainda não foi comentado ou o(s) comentário(s) que foi(ram) enviado(s) a ele ainda não foi(ram) publicado(s).


Envio de comentário:




  

Sábado, 25 de Outubro de 2014




Top 5 membros

Últimos membros online

Últimos membros cadastrados



Capa do livro
Profissional e a Plataforma C# .Net


Capa do livro
Otimização de Conversão - A Arte e a Ciência de Converter Prospects em Clientes


Capa do livro
Comandos do Linux - Guia de Consulta Rápida





Hostnet

IMD