Quase metade dos domicílios brasileiros tem computador, mostra Pnad


Autor/fonte: Agência Brasil
Tags: [ brasil ]



Digg del.icio.us

Entre os bens duráveis, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada hoje (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que o total de domicílios com computadores subiu de 46,4% para 49,5%, de 2012 para 2013. No Nordeste, as casas com esse equipamento cresceram 14%. Dos 32,2 milhões de domicílios brasileiros com computadores em 2013, 28% tinham acesso à internet.

A proporção de internautas cresceu de 49,2%, em 2012, para 50,1%, no ano seguinte. A pesquisa do IBGE indica que, em 2001, 12,6% das unidades residenciais tinham esses aparelhos e, em 2013, esse percentual evoluiu para quase metade dos domicílios. Já as moradias com computador ligado à internet aumentaram de 8,5% para 43,7%, na mesma comparação.

Aproximadamente 86,7 milhões de pessoas com 10 anos de idade ou mais acessaram a internet no período de referência em 2013. O crescimento observado foi 2,9% ou 2,5 milhões de usuários. Segundo o IBGE, esse foi o menor índice de expansão registrado a partir de 2008. A taxa de crescimento no número de internautas atingiu o pico de 21,6% de 2008 para 2009. O aumento de internautas com 10 anos ou mais que acessaram a internet em 2013 alcançou maiores percentuais nas regiões Nordeste (4,9%) e Sul (4,5%), com menor índice de ampliação no Norte (0,4%).

A gerente da Pnad, Maria Lúcia Vieira, analisou que o aumento do consumo de bens duráveis, principalmente de computadores, resulta da elevação do rendimento da população. “A gente ainda tem muito a avançar em termos de acesso à internet. Ainda não atingiu a população como um todo”, destacou a gerente da Pnad.

Por gênero, as mulheres, com quase 45 milhões de indivíduos, lideraram os acessos à internet no Brasil, seguidas por 41,7 milhões de homens. Ambos mostraram aumento em comparação a 2012: 43,3 milhões e 40,8 milhões, respectivamente.

Por outro lado, caiu o número de moradias com rádio e DVD, de 2012 para 2013 – queda decorrente das mudanças tecnológicas, segundo o IBGE. Em relação ao rádio, o número caiu de 80,9% para 75,8% e, sobre os aparelhos de DVD, de 76% para 72,4%. Já a quantidade de casas com máquina de lavar evoluiu 7,8%, assim como aquelas com carro, de 42,5% para 43,6%. A proporção de domicílios com moto permaneceu estável: 20% em 2012, e 19,9%, no ano seguinte. Na mesma situação, ficaram os domícilios com fogão e televisor (98,8% e 97,2%, respectivamente).




Enviado por xKuRt em 18/09/2014 às 19:56


Itens relacionados

Brasil terá "enxurrada" de tablets até fim do ano, diz ministro
Análise: TV digital preserva curral eletrônico e estréia em alta indefinição
Câmara aprova marco civil da internet
Internautas brasileiros são os que mais procuram sexo na web, diz pesquisa
Processo de importação para pesquisa científica e tecnológica está mais simplificado no Brasil
Sistema de concessões de radiodifusão é uma anomalia, diz pesquisador
Vendas mundias de celulares crescem no mundo e recuam no Brasil
Presidente da administradora da Iguatemi confirma loja da Apple no Brasil
Usuários acham banda larga lenta, diz Cisco
Projeto quer que Estado regule serviços de banda larga

Listar todos itens relacionados

Avaliação

Esta publicação ainda não foi avaliada!


Avaliar:


A avaliação de publicações é restrita a membros cadastrados e logados no nosso site.



Comentários

Este artigo ainda não foi comentado ou o(s) comentário(s) que foi(ram) enviado(s) a ele ainda não foi(ram) publicado(s).


Envio de comentário:




  

Segunda, 23 de Janeiro de 2017




Leitura recomendada

Guia para Projetar Ux

Top 5 membros

Últimos membros online

Últimos membros cadastrados



Capa do livro
O Livro De Vb.Net


Capa do livro
SQL, PL/SQL, SQL*PLus - Manual de Referência Completo e Objetivo


Capa do livro
Microsoft SQL Server 2008 - Passo a Passo





Hostnet

IMD