Brasil quer monitorar serviço público com tecnologia móvel


Autor/fonte: Agência Brasil
Tags: [ brasil ]



Digg del.icio.us

O governo federal quer utilizar a tecnologia de telefonia móvel para monitorar a qualidade do serviço público, especialmente nas áreas de saúde, educação e Previdência Social. O assunto foi discutido na terça-feira em reunião entre a presidente Dilma Rousseff e o presidente do conselho da empresa de tecnologia norte-americana Qualcomm, Paul Jacobs.

"Ela nos encomendou discutir com a Casa Civil a possibilidade de incrementar essa rede de monitoramento, de controle, baseado em dispositivos móveis, tablets, smartphones. O pessoal da Qualcomm se dispôs a nos ajudar nisso", disse o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que também participou da reunião.

A Qualcomm está construindo um centro de pesquisa e desenvolvimento para tablets em São Paulo e vai criar um laboratório para apoiar iniciativas brasileiras que desenvolvam smartphones e tablets. As atividades da empresa devem começar no primeiro trimestre do próximo ano. Segundo o presidente da empresa, o centro terá cerca de 100 funcionários e a previsão de investimento inicial de aproximadamente US$ 1 milhão.

A empresa também informou que tem interesse em incorporar tecnologias para todas as faixas de frequências que serão disponibilizadas no Brasil para a telefonia de quarta geração (4G). Em junho, foram leiloadas as faixas de 2,5 giga-hertz e 450 mega-hertz.

O governo também tem intenção de licitar a faixa de 700 mega-hertz no ano que vem, mas o espectro é utilizado pelas emissoras de televisão aberta. O ministro Paulo Bernardo disse que os estudos sobre a utilização da faixa de 700 mega-hertz serão concluídos pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ainda neste semestre.




Enviado por xKuRt em 22/08/2012 às 08:37


Itens relacionados

Brasil tem 265,7 milhões de celulares ativados, segundo Anatel
Alagoas cria lei para incentivar construção de indústrias de TI
Câmara aprova marco civil da internet
Setor de tecnologia da informação terá carência de 140 mil profissionais em 2013, diz relatório
A cada 100 brasileiros, 11 acessam a internet
Saiba o que acontece com o fim do celular analógico no Brasil
Grupo investirá US$ 1,2 bilhão em Wi-Fi no Brasil
Relator conclui parecer de projeto sobre direito de telecom de produzir conteúdo
Uso de e-commerce e e-gov se restringe a menos de 14% dos internautas
Brasil tem a maior base de usuários ativos de MSN Messenger do mundo, com 30 milhões de pessoas

Listar todos itens relacionados

Avaliação

Esta publicação ainda não foi avaliada!


Avaliar:


A avaliação de publicações é restrita a membros cadastrados e logados no nosso site.



Comentários

Este artigo ainda não foi comentado ou o(s) comentário(s) que foi(ram) enviado(s) a ele ainda não foi(ram) publicado(s).


Envio de comentário:




  

Sábado, 30 de Agosto de 2014




Leitura recomendada

Acionamentos Elétricos

Top 5 membros

Últimos membros online

Últimos membros cadastrados



Capa do livro
Arte de Escrever Programas Legíveis, A - Técnicas Simples e Práticas para Elaboração de Programas Fáceis de Serem Lidos e Entendidos


Capa do livro
Metodologia de Pesquisa para Ciência da Computação


Capa do livro
Como Detectar Invasão em Rede: Um Guia para Analistas





Hostnet

IMD