Europa diz "não" ao acordo contra pirataria na internet


Autor/fonte: O Tempo
E-mail/Url: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=206769,OTE
Tags: [ união europeia ] [ pirataria ] [ internet ]



Digg del.icio.us

O Parlamento da União Europeia rejeitou, por 478 votos contra e 39 a favor, o acordo internacional antipirataria conhecido como Acta(sigla do inglês Anti-Counterfeiting Trade Agreement). Temores de que ele limitaria a liberdade de expressão na internet causaram ampla oposição. O resultado significa que nem a União Europeia nem os Estados-membros podem aderir ao acordo. Na prática, o tratado está morto, apesar de outros países fora da União Europeia ainda poderem assiná-lo.

Simpatizantes dizem que o Acta é necessário para uniformizar as leis internacionais que protegem direitos de propriedade intelectual. Opositores afirmam que o tratado levaria à censura e perda de privacidade na internet. Um dos pontos mais polêmicos era, segundo eles, a possibilidade de que as empresas provedoras de acesso à internet comunicassem aos titulares dos direitos das obras os endereços IP dos internautas suspeitos de realizar downloads ilegais.

Os contrários apontam ainda que o tratado aparenta ser um complemento a um anterior sobre propriedade intelectual, o acordo TRIPs, que foi severamente criticado por defender o domínio cultural e tecnológico dos países desenvolvidos sobre os subdesenvolvidos.

Leia mais.




Enviado por xKuRt em 05/07/2012 às 12:15


Itens relacionados

Apple pode ser a próxima na mira antitruste da Europa, diz especialista
União Européia assina acordo para criação de Instituto de Tecnologia
Pesquisadores da UFMG lançam observatório virtual da Copa
Conferência internacional sediada em São Paulo debaterá a segurança na internet
Com greve, web pode virar nova TV a cabo nos EUA
Lançado Beta 1 do Internet Explorer 8 para desenvolvedores Web
Nova York estréia cães no combate a DVDs piratas
Internet esquenta debate sobre o que é obscenidade
Imprensa comemora Dia Mundial contra a Cibercensura
Internet na China é monitorada por 30 mil pessoas, que até apagam posts

Listar todos itens relacionados

Avaliação

Esta publicação ainda não foi avaliada!


Avaliar:


A avaliação de publicações é restrita a membros cadastrados e logados no nosso site.



Comentários

Este artigo ainda não foi comentado ou o(s) comentário(s) que foi(ram) enviado(s) a ele ainda não foi(ram) publicado(s).


Envio de comentário:




  

Sábado, 18 de Abril de 2015




Top 5 membros

Últimos membros online

Últimos membros cadastrados



Capa do livro
Objetos, Abstração, Estrutura de Dados e Projetos Usando Java


Capa do livro
Infra-Estrutura Elétrica para Rede de Computadores


Capa do livro
Use a Cabeça! JavaScript





Hostnet

IMD