Nokia e Cambridge apresentam Morph, protótipo de celular flexível


Autor/fonte: Guilherme Felitti, do Glog
E-mail/Url: http://idgnow.uol.com.br/computacao_pessoal/glog/archive/2008/02/25/no...
Tags: [ nokia ] [ cambridge ] [ morph ] [ celulares ]



Digg del.icio.us

25 de Fevereiro de 2008

Imaginou ter um celular flexível? A tela dobrável já é quase realidade no mercado japonês (conhece o papel eletrônico), mas um celular que pode ser puxado e esticado é quase um sonho lisérgico. Ou não.

A Nokia, junto à Universidade de Cambridge, anunciaram um protótipo de aparelho flexível em exposição no MoMa, junto ao evento "Design and the Elastic Mind", inaugurado hoje também, que indica o possível caminhos dos gadgets.

Segundo o Nokia Research Center, o protótipo é uma maneira de mostrar ao mercado os benefícios que a nanotecnologia pode ter em telefones celulares, que serão flexíveis, transparentes e autolimpantes.

A frase de Tapani Ryhanen, diretor do Nokia Research Center dentro da universidade, pode soar exagerada. "Esperamos que esta combinação entre arte e ciência mostre o potencial da nanotecnologia para uma audiência maior".

A Nokia não deu detalhes sobre o processo de fabricação ou quais materiais nanotecnológicos foram utilizados na fabricação do Morph. Por enquanto, a grande graça do aparelho é ser exposto no museu.




Enviado por xKuRt em


Itens relacionados

Câmeras de celulares podem ficar mais poderosas
Nielsen vai medir consumo de mídia em celulares
Mais de 180 mil internautas aderem à campanha contra bloqueio de celulares
Crianças são internadas por vício em celular na Espanha
Número de celulares na Irlanda ultrapassa o de habitantes
Enterrado com celular sem chip será exumado
Celular aponta que pessoas são previsíveis
Celulares 3G: Mais veloz, mais poderoso e mais caro
Nova tecnologia permite fazer e transmitir declaração de imposto de renda pelo celular
Celular aumenta risco de câncer em glândula

Listar todos itens relacionados

Avaliação

Esta publicação ainda não foi avaliada!


Avaliar:


A avaliação de publicações é restrita a membros cadastrados e logados no nosso site.



Comentários

Este artigo ainda não foi comentado ou o(s) comentário(s) que foi(ram) enviado(s) a ele ainda não foi(ram) publicado(s).


Envio de comentário:




  

Terça, 27 de Junho de 2017




Top 5 membros

Últimos membros online

Últimos membros cadastrados