BMW migra de UNIX pra Linux com Intel


Autor/fonte: OLinux
E-mail/Url: http://olinux.uol.com.br/news/open_news.phl?id=7172
Tags: [ bmw ] [ linux ] [ intel ]



Digg del.icio.us

07 de Outubro de 2007 às 12:10

A montadora BMW migrou diversos servidores UNIX para servidores Linux Intel. A companhia possui 80.000 desktops e 6.000 servidores suportando cerca de 4.500 aplicações. A empresa tem cerca de 100.000 empregados e fabrica perto de 1,4 milhões de veículos por ano.

Cerca de 3.000 empregrados trabalham em TI na empresa. A empresa acredita que a migração pra servidores Linux Intel irá acelerar o desempenho do desenvolvimento de produtos. O TI usa servidores SUSE e Red Hat Linux.

A BMW aluga a maioria do seu parque de máquinas o que dá agilidade pra atualizações tecnológicas.




Enviado por xKuRt em 08/10/2007 às 06:33


Itens relacionados

Linux vai dominar dispositivos portáteis de Internet, diz ABI
Microsoft e OLPC confirmam aliança por XO com Windows XP e Linux
Novos chips da Intel são cerca de 40% mais rápidos
Intel ainda é a maior fabricante de chips, aponta pesquisa
ANVISA usa BI para controle efetivo da saúde pública
Dell com Linux: decisão pode demorar a render frutos no resultado
Intel trabalha em abrigos antibomba com WiFi em Israel
E a iniciativa privada fez o Linux
Intel investe em empresa de efeitos visuais
Peugeot converterá 20.000 desktops para Linux

Listar todos itens relacionados

Avaliação

Esta publicação ainda não foi avaliada!


Avaliar:


A avaliação de publicações é restrita a membros cadastrados e logados no nosso site.



Comentários

Este artigo ainda não foi comentado ou o(s) comentário(s) que foi(ram) enviado(s) a ele ainda não foi(ram) publicado(s).


Envio de comentário:




  

Domingo, 04 de Dezembro de 2016




Top 5 membros

Últimos membros online

Últimos membros cadastrados



Capa do livro
Como Detectar Invasão em Rede: Um Guia para Analistas


Capa do livro
Algoritmos: Teoria e Prática


Capa do livro
Sistema de Banco de Dados





Hostnet

IMD